Labradora é demitida da CIA por falta de interesse no trabalho
22 de outubro de 2017
Cuidado no verão! Calor pode matar seu gato
26 de novembro de 2017
Exibir Tudo

☺️ #rescue #proteçãoanimal #castre #cadelasviajantes #dalmata #dalmatian

Uma publicação compartilhada por Maga 🐶 Patas Ao Alto – R7 (@maguinhadog) em

Quem pensa que dentista para cachorro é bobagem é porque nunca teve uma dor de dente. Temos também dores e podemos até morrer.

A doença periodontal atinge 80% dos cães com mais de 3 anos e pode gerar complicações sérias, como perda de dentes e migração de bactérias para rins, fígado e coração.

Ela se inicia com o acúmulo de placa bacteriana, que pode evoluir na formação de tártaro e causar a deterioração dos tecidos que sustentam os dentes, como a gengiva e o ossos.

Como as lesões ocorrem sob a gengiva, muitas vezes, o dono não percebe. O bafão é o único sinal de que pode haver algo errado.

Ela favorece a entrada de bactérias na corrente sanguínea, o que pode acarretar em outras complicações à saúde do animal, afetando inclusive órgãos vitais.

“A maioria das doenças orais tem progressão rápida e silenciosa e só podem ser detectadas precocemente com a inspeção da boca”, conta o Dr. Marco Leon, veterinário especialista em odontologia.

Cães pequenos e idosos são os mais suscetíveis à doença, como identificou um estudo, conduzido pelo Centro de Nutrição e Bem-Estar Animal Waltham, da Mars Petcare.

Alguns biscoitinhos ajudam a remover e evitar placa, como o Dentastix, que eu como muito e que ajuda a reduzir em até 80% a formação do tártaro.

Essa fuça adotada pelo amado jornalista Paulão. Merece o quê? . #castre #adote #adoção #adotar #dogs #viralata #adoption

Uma publicação compartilhada por Maga 🐶 Patas Ao Alto – R7 (@maguinhadog) em


Escovar dentes não é bobagem

A escovação diária dos dentes do cão é necessária a partir dos 6 meses de idade, porém, o hábito a este cuidado pode começar logo cedo, nos primeiros meses de vida.

O legal é associar a escovação a um estímulo positivo, como uma brincadeira, um passeio ou um carinho, ajuda na aceitação pelo animal.

5 dicas ajudam muito:

1) A pasta dental veterinária tem um sabor agradável para os cães e facilita a escovação, mas seu uso não é obrigatório, pois a fricção da escova já é suficiente para limpar os dentes.

2) Utilize com delicadeza uma escova dental com cerdas macias para evitar lesões. As escovas para humanos podem ser utilizadas, porém as versões veterinárias têm a vantagem da ergonomia.

3) Nunca utilize pasta dental para humanos porque o teor de flúor presente nelas é tóxico para os animais.

4) Posicione a escova a um ângulo de 45° em relação à superfície dos dentes para que as cerdas penetrem suavemente no sulco gengival. Utilize movimentos circulares.

5) Comece pelos dentes posteriores (do fundo), pois os cães aceitam melhor do que se a escovação for iniciada pelos dentes da frente.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *