por Andrea Miramontes

Golfinho foi assassinado por turistas ou o cadáver foi festejado na praia?

Cadáver de golfinho tirado da água é festejado com selfies na Argentina (Foto: Fundação Vida Silvestre Argentina (AWF)

O golfinho largado morto na areia após turistas festejarem com selfies levantou uma polêmica medíocre. O animal já estava morto quando serviu para o circo humano?

A denúncia do assassinato foi feita inicialmente pela Fundação Vida Silvestre Argentina (AWF). E a notícia se espalhou por jornais pelo mundo, como Washington Post, CBS News e também em quase todos os veículos nacionais.

O golfinho Franciscan ou Plata é um dos menores do mundo, espécie muito sensível.

O franciscano, como outros golfinhos, não pode permanecer fora da água. O bicho tem uma pele muito grossa e gordurosa que fornece calor, e, na praia, rapidamente tem desidratação e morre.

De acordo com a ONG, foi exatamente o que aconteceu, saiu vivo, morreu e foi largado como lixo. Mas turistas no local resolveram dizer que não o mataram, que já estava morto.

Agora eu pergunto. Mesmo que estivesse morto. O cadáver deveria servir para as pessoas festejarem com selfies? É isso que você faria com o corpo de um cão ou de um humano?

Em uma ignorância ímpar, o animal passa de mão em mão, com inúmeras fotos e vídeo que mostram as pessoas na praia “encantadas” com aquele “ser exótico”. Todos, claro, registrando o momento para redes sociais.

Esse golfinho é uma espécie à beira da extinção, de acordo com a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN).

O potencial de recuperação desta espécie é muito baixo.

Outra organização internacional, a Fundação World Marine, soltou comunicado nas redes dizendo não poder afirmar se o golfinho estava vivo.

Morto ou não, o animal jamais deveria ser espetáculo para a vaidade humana.

Golfinho é assassinado por turistas para fazer selfies

Baleias ficam loucas em parques, revela documentário

Elefante é acorrentado depois de matar turista que o explorava

Gata Marylin Monroe pode morar na sua casa

Curte histórias emocionantes? Vire nosso amigo no Facebook!

 

 

 

 

Um golfinho bebê morreu depois que as pessoas o tiraram do mar para fazer selfies.

Uma multidão se reuniu em torno do pequeno animal, em Santa Teresita, na Argentina, depois que um ignorante o tirou do mar.

O bebê foi repassado de mão em mão pelos banhistas até a morte. Depois, foi descartado na areia já morto.

O golfinho La Plata – também conhecido como o Franciscana – é encontrado nas costas da Argentina, Uruguai e Brasil.

A espécie é considerada “vulnerável” , pois há apenas cerca de 30 mil no mundo.

Abaixo, um vídeo mostra o animal no momento em que foi largado na areia.

Gata Marylin Monroe pode morar na sua casa

Curte histórias emocionantes? Vire nosso amigo no Facebook!

Latest Posts

Youtube Patas ao alto

This message is only visible to admins.
Problem displaying Facebook posts.
Click to show error
Error: Server configuration issue

Mais recentes

Últimos LadoB Viagem