por Andrea Miramontes

Morsas órfãs no Alasca seguem monitores como cães

Os dois bebês morsas foram resgatados perdidos sem as mães no Alasca, nos EUA.

Esses filhotes precisam ficar dois anos sob os cuidados maternos, caso contrário, dificilmente sobrevivem.

No Alaska SeaLife Center, para onde foram, sempre ficam de duas a quatro pessoas 24 horas com os bichos, que os seguem como se fosse um de nós.

Aliás tô tão gordinha que me achei até parecida com o bebê morsa =/

Eles têm piscina para mergulhar, detestam ficar sozinhos, deitam com a cabeça no colo dos monitores, que dão mamadeiras e até as próprias mãos para que os bebês usem como chupeta (foto abaixo).

Quem aguenta?

 

Derreta-se com mais fotos das morsinhas carentes!

Veja mais!

+ Jackson é o cara. Duvida?

+ Cães são resgatados de furacão nos EUA

+ Policial acha cão e vira o homem mais paquerado da Suécia

+ Cachorros abandonados serão cuidados por presas de SP

+ Vira-lindo de olhos azuis aguarda um lar

+ Cães culpados sabe muito bem o que fizeram

+ Mais diversão na água? Não perca novas fotos

+ Gostou do blog? Visite-nos no Facebook!

1 COMENTÁRIO

Comentários estão fechados

Latest Posts

Youtube Patas ao alto

This message is only visible to admins.
Problem displaying Facebook posts.
Click to show error
Error: Server configuration issue

Mais recentes

Últimos LadoB Viagem